Como diferenciar óculos originais de falsos

Como diferenciar óculos originais de falsos

Hey, Stevies! Como estão? A pergunta que não quer calar é: Vocês sabem diferenciar óculos originais Ray-Ban dos falsificados? Não é tão difícil assim identificar quando um óculos não é legitimo, e nós vamos te ajudar.

 

1. Acabamento

A maioria dos óculos falsos são cópias de má qualidade dos originais. Normalmente as armações tem defeitos, rebarbas e pequenas irregularidades, caracterizando um mal acabamento. Além disso os logotipos da marca são borrados e se soltam facilmente.

 

2. Detalhes

Óculos originais Ray-Ban: Modelos Ray-Ban RB8411 e RB4246 Clubround
Modelos Ray-Ban RB8411 e RB4246 Clubround [Conheça e compre no nosso shop]

Alguns detalhes dos óculos originais não são reproduzidos nos falsos, como o logotipo da Ray-Ban, que nos originais é estampado nas lentes e nas plaquetas, e o número de fabricação em branco nas hastes, que apesar de pequeno, nunca é borrado, como nas réplicas. Os Ray-Bans falsos também exageram na quantidade de marcações e logos.

 

3. Embalagem

Embalagem e detalhes óculos originais Ray-Ban

A embalagem original Ray-Ban é composta por uma caixa externa de papel e dentro o estojo, onde além dos óculos, acompanha uma flanela e o folheto informativo do fabricante, feitos em materiais de qualidade, sem manchas ou borrados. A embalagem de papel original é em cinza fosco, sem brilho. O material do estojo se assemelha a um couro de boa qualidade, e o botão que fecha tem o logo da Ray-Ban marcado.

Fique atento: Os óculos falsificados costumam trazer uma espécie de protetor para lentes e um saco plástico que não vem nos óculos originais.

 

4. Código de barras

Óculos originais Ray-Ban: Embalagem

Para finalizar, a dica mais importante: Cada caixa de Ray-Ban vem acompanhada de um selo com um código de barras único daquele produto, e nesse selo também aparecem código de modelo, cor e tamanho, os mesmos gravados no lado interno da haste dos óculos.

 

Por que usar óculos falsos não vale a pena?

É melhor não usar nada do que usar óculos de sol falsificados. A maioria das imitações não te protegem realmente dos raios UV e as lentes escuras também podem fazer suas pupilas dilatarem, entrando ainda mais raios nocivos em sua vista e causando possíveis problemas aos seus olhos no futuro.

O “falseta” não tem garantia original de fábrica, não tem resistência e quebram facilmente, e você ainda pode estar financiando o trabalho escravo ao comprar um desses.

Não caia no conto do “primeira linha, segunda linha ou réplica”. Só existe um tipo de produto autêntico, aquele produzido sob licença pelo fabricante oficial. Os óculos similares que não sigam esta regra são falsificação.

 

Você encontra óculos originais Ray-Ban e de muitas outras marcas mundiais de sucesso no nosso Shop Online! Use meu código de desconto: BRUNOST e garanta 5% de desconto na sua compra AGORA!

No mais, ficamos por aqui e até o próximo post com mais uma dica sensacional pros Stevies de plantão. Isso é #StevieLifestyle! Acompanhe a gente nas redes sociais: Facebook, Instagram, Pinterest e Twitter.


Bruno Bgame

Ser humano [Cri] [Pró] ativo, CEO na Stevie Lifestyle. Minhas palavras-chave: criatividade, empreendedorismo, inovação, equilíbrio, Design, e-commerce, moda, lifestyle, streetwear, música, Rap, Yoga. Sempre em construção ;-)

Leia mais posts desse autor